Segundo Landmark

columlhcolumrh1A Maçonaria refere-se aos "Antigos Deveres" e aos "Landmarks" da Fraternidade, especialmente quanto ao absoluto respeito das tradições específicas da Ordem, essenciais à regularidade da Jurisdição.


Os "Antigos Deveres" (Ancient Charges of a Free Mason) foram compilados nas Constituições de Anderson de 1723
Respeitam a seis temas: I - De Deus e da Religião; II - Dos Magistrados Civis, Supremo e Subordinados; III - Das Lojas; IV - Dos Mestres, Vigilantes, Companheiros e Aprendizes; V - Da Direcção da Ordem no Trabalho; VI - Do Comportamento.

Ainda hoje as suas regras devem ser seguidas e cumpridas. Os Antigos Deveres não possuem, porém, a característica de imutabilidade dos Landmarks. A sua redacção tem sido, assim, alterada, quer em função da evolução semântica da língua, quer em função da evolução da Sociedade. As alterações efectuadas são essencialmente de forma, de redacção. A sua natureza mantém-se intocada.

Na sua versão actual, os Antigos Deveres (agora Antient e não na grafia orifginal Ancient) estão publicados no sítio da United Grand Lodge of England, mais precisamente aqui, em ficheiro .pdf das "Craft Rules", e devem ser lidos pelo Secretário da Loja ao Venerável Mestre Eleito imediatamente antes da instalação deste na cadeira de Salomão (tomada de posse da função), nas Lojas sob jurisdição da Grande Loja Unida de Inglaterra.

O rigoroso cumprimento dos Landmarks e dos Antigos Deveres é condição essencial para uma estrutura maçónica, qualquer que ela seja (Grande Loja ou Grande Oriente, Loja ou Triângulo) seja considerada Regular.

In Blog "A Partir Pedra" - Texto de Rui Bandeira (27.11.06)